21.11.06

Livre para voar e beijar.

Beijo gostoso, gelado, molhado,
com gosto de casquinha
de sorvete de fruta, adocicado.

Boquinha macia, lábios sedosos,
marcados em tua carinha.
Beijinho suave e carinhoso.

Doces lábios que se abrem
e com teu sorriso de gatinha,
mostram dentes que me mordem.

Mordidinhas com sabor de pimenta,
que me acendem como fogo,
mesmo depois dos quarenta.

Bicotas com sabor de paixão
e o forte tempero do teu jogo,
leve e solta em minhas mãos.

Sinto o doce sabor do teu amor,
doce fruto, tenro e aveludado,
sol de vida e calor.

Beijinho desfrutado,
não roubado, não dado.

Porém,
entretanto,
contudo,
todavia,
libertado.
Em eterna via,
caminho à liberdade.
livre para amar
e ser amada.

Tu és livre,
tua boquinha está liberta
do cárcere
da falta de paixão,
das bocas não abertas,
gaiola e prisão.

Colibri que me leva a voar
com o néctar do teu biquinho.
Me levas às nuvens,
me amas no céu e moras comigo no paraíso.

Autor: Kleverson

Um comentário:

Anônimo disse...

oi apaixonado,tb estou curtindo uma paixao madura,e vou te dizer e melhor que a de adolescentes.